O Brinco que é a sua cara!

06:12

Um par de brincos é um acessório indispensável para a mulher. O segredo é escolher aquele que favoreça rosto, pescoço, orelhas e corte de cabelos. Veja o que combina com cada formato de rosto e os efeitos que os modelos proporcionam.

Os brincos:
Do tipo botão: enfatizam nariz e queixo proeminentes.
Dourados: ficam bem em todo tipo de pele.
Prateados foscos: só brilham nas castanhas, morenas e negras.
Longos: alongam visualmente o rosto (desfavorecem quem tem rosto comprido) e podem ser usados com vários tipos de golas e decotes (”V”, redondo, “U”, tomara-que-caia, ombro-a-ombro, colarinhos de camisas e golas de paletó).
Em pérolas, em ouro ou brilhante: são adequados a qualquer produção, da esportiva à social.
De argolas: combinam com todos os formatos de rosto, porém são muito esportivos para serem usados com roupa social, exceto quando forrados de brilhos ou diamantes!

Rosto Triangular:


Para dar equilibrio a esse tipo de rosto, é recomendado um brinco que a parte de cima não tenha volume, com um pingente na parte de baixo. E atenção! ao dar ênfase a região lateral do rosto, a tendência é que o nariz diminua.
Caem bem: os brincos pequenos, circulares e largos. pois o rosto triangular começa quadrado e estreita no queixo, sendo mais largo assim.
Deixe de lado: os angulares e pontudos.

Rosto redondo:


Precisa ser alongado, por isso são recomendados brincos com linhas mais retas e sempre verticais, pois como esse formato de rosto é redondo para obter o equilibrio é preciso alongar as laterais.
Caem bem: brincos grandes, longos, em formato de pingente, angulares, soltos, assimétricos e quadrados.
Deixe de lado: os pequenos e argolas muito grandes.

Rosto quadrado
Esse formato de rosto já tem um equilíbrio natural em seu formato. mas é recomendado evitar os brincos grandes horizontalmente.
Caem bem: os brincos largos, longos e geométricos.
Deixe de lado: os redondos, pequenos e triangulares.

Rosto oval:


Para quem tem esse formato de rosto obetr equilíbrio, é preciso volume, pois o rosto já é estreito. Quem tem o rosto oval pode abusar nos tamanhos e volumes. Mas atenção! brincos finos e longos não são recomendados pois o formato do rosto já é alongado.
Caem bem: os brincos redondos, ovais e largos.
Deixe de lado: os estreitos com elementos pendurados.

Rosto pequeno:


Esse formato de rosto deve ser ampliado com o brinco. como esse rosto não tem volume, deve-se conseguir isso com acessórios grandes.
Caem bem: os brincos volumosos, que ampliam o rosto, e argolas grossas.
Deixe de lado: os pequenos e compridos.

Rosto grande
Esse formato de rosto quando olhado de frente não necessita de volume, mas ao olha-lo de perfil é necessário volume. por isso são recomendados brincos com mais volume lateral, o que é o caso das argolas largas.
Caem bem: os brincos pingentes, argolas e de formato oval.
Deixe de lado: os pequenos e com formatos geométricos.

Rosto envelhecido com rugas
Para mulheres mais maduras a dica é: Nunca saia de casa sem brincos, pois o brilho do acessório compensa a falta do mesmo pelo envelhecimento da pele.
Caem bem: os brincos pequenos. De preferência os dourados, com pedras brilhantes.
Pessoas assim, nunca devem ficar sem brinco.

Rosto longo:


Caem bem: os brincos em formato chuveiro, que tenham volume.
Deixe de lado: os modelos e pingentes longos.


Para quem usa óculos
A dica é não tentar combinar a cor do brinco com a cor do óculos, brincos menores e mais discretos são mais elegantes.
Caem bem: os brincos pequenos, em metal ou ouro, que combinem com a roupa, e não com os óculos.
Deixe de lado: os grandes e os modelos feitos com material parecido com o da armação.

 

Você pode gostar também

0 comentários

Curta nossa Fanpage